Busque seu
ortodontista

Busque seu ortodontista

Preencha um dos campos acima para buscar seu ortodontista.

QUAL A DIFERENÇA ENTRE O DENTISTA
E O ORTODONTISTA?

Ortodontistas são dentistas especializados em diagnosticar e tratar os problemas e irregularidades que acometem a posição dos dentes e das estruturas ósseas e de tecidos moles ao redor. Qualquer dentista pode realizar tratamentos ortodônticos, mas devido à complexidade desses tratamentos e dos danos que podem causar se não forem bem conduzidos, não vale a pena arriscar. Procure sempre um profissional que esteja capacitado a resolver seu problema com excelência clínica e que possa transformar seu sorriso da forma como você sempre sonhou.

Um dentista estudou de quatro a cinco anos e realiza muitos tipos de tratamentos – acompanhamento regular, controle de higiene, tratamento de canal, restaurações, próteses, dentre outros. Também pode realizar tratamentos ortodônticos

Um ortodontista cursou de dois a três anos de educação adicional voltada apenas para a especialidade de Ortodontia, e é um especialista em corrigir a posição dos dentes, buscando melhor função e estética.

Ortodontista

  • Especialista em buscar melhor função mastigatória corrigindo a posição dos dentes
  • Conhecimento especializado em novas tecnologias e tratamentos
  • Maior capacidade de escolher o correto tratamento dentre todas as possíveis opções
  • Possui especialização
  • Acompanha o crescimento e desenvolvimento dos ossos e da dentição
  • Especializado em correções ortopédicas dos maxilares

Dentista

  • Realiza acompanhamentos períodicos para avaliar a saúde bucal
  • Cuida da limpeza dos dentes
  • Realiza restaurações de lesões de cárie
  • Reabilita dentes perdidos
  • Realiza tratamentos de canal
  • Realiza cirurgias

OPÇÕES DE APARELHOS

Há uma série de opções de tratamentos nos dias de hoje, de retentores para limpar a alinhadores invisíveis, metal, cerâmica e micro chaves. Cada um tem seu uso. Ortodontistas tem o conhecimento especializado para considerar todas as possibilidades, com base em variáveis como a idade, possíveis desequilíbrios da mandíbula, diferenças no tamanho de seus dentes, e muito mais. Eles sabem o que usar e quando usar, e vai trabalhar com você para tomar a melhor decisão para o seu melhor sorriso.

Tire suas dúvidas

Qual a origem dos problemas ortodônticos?

A maloclusão pode ter origem hereditária, ou seja, transmitida dos pais aos filhos. O tamanho dos ossos maxilares e o tamanho dos dentes são típicas influências familiares herdadas.
Outro grupo de problemas são as causas adquiridas geradas pela sucção da chupeta, dos dedos, por problemas respiratórios, cáries dentais, perda de dentes, traumatismo e outros mais.
A interação destes problemas exige um diagnóstico, planejamento e tratamento minucioso, pois o que a primeira vista parece ser um caso simples pode, se mal planejado, tornar-se uma questão de extrema dificuldade de resolução.

Os pacientes adultos podem receber tratamento ortodôntico?

No passado, o tratamento ortodôntico era associado às crianças. Entretanto, o processo básico que envolve a movimentação dos dentes é o mesmo em qualquer idade e com isto os adultos também podem se beneficiar com o tratamento ortodôntico. Além disso, com a evolução dos sistemas de tratamento os aparelhos estão mais estéticos.

Quando é necessário extrair dentes permanentes?

Em algumas situações o ortodontista precisa solicitar extrações dentárias para obter uma oclusão estável e uma harmonia facial. Geralmente são solicitadas as extrações quando existe falta de espaço para um correto alinhamento e nivelamento dos dentes ou quando estão muito projetados (inclinados para frente).

Quando procurar um especialista em ortodontia?

O ideal é que a primeira avaliação do paciente seja feita aproximadamente aos 7 anos de idade. O exame precoce de uma criança permite que o ortodontista avalie e detecte algum problema ortodôntico e planeje algum tratamento, se necessário. Caso contrário, ele orientará os pais para retornarem num outro momento para nova reavaliação ou até mesmo para iniciar o tratamento ortodôntico.

O que é necessário para iniciar um Tratamento Ortodôntico?

Na primeira visita ao consultório o paciente será examinado clinicamente. Informações importantes são obtidas, tais como, hábitos orais, traumas sobre os dentes, doenças, tratamentos hormonais e uso de medicamentos.

Além disso, nesta consulta o ortodontista será capaz de orientar quanto às opções de tratamento disponíveis, sobre quando o tratamento deverá começar, sobre o tempo de duração do tratamento e o custo aproximado do mesmo.

Para complementação das informações obtidas na 1ª consulta, o ortodontista solicitará a documentação ortodôntica, que inclui:

Modelos de gesso das arcadas dentárias

Radiografias e fotografias dos dentes e da face

Numa segunda visita do paciente ao consultório, após a realização da documentação ortodôntica, o ortodontista fará a exposição do diagnóstico e plano de tratamento, formulado a partir das informações obtidas na primeira consulta e também dos registros da documentação.

Após isto o tratamento poderá ser iniciado. No entanto, se for diagnosticado que o momento apropriado para iniciar o tratamento for mais adiante, o paciente fará visitas periódicas ao ortodontista, a critério deste, até o momento considerado ideal para o início.

O que é um Especialista em Ortodontia?

Um especialista em ortodontia é um profissional que além de ser graduado como cirurgião-dentista, retornou à universidade para um curso de pós graduação em ortodontia a nível de especialização, mestrado ou doutorado, com treinamento específico para diagnosticar e tratar pacientes portadores de maloclusão.

Quais são os benefícios do tratamento interceptativo?

Evitar a fratura ou perda de dentes anteriores que estejam muito projetados

Possibilitar a eliminação de hábitos de sucção de dedo ou chupeta, hábitos de interposição de língua e hábitos de postura de lábios

Permitir o desenvolvimento normal da fala

Avaliar a existência de problemas respiratórios que possam afetar o crescimento da face

Corrigir mordidas cruzadas que estejam presentes

Melhorar a auto imagem do paciente

Garantir que os dentes se encontrem de maneira adequada durante a mastigação e a deglutição

Em quanto tempo é realizado um Tratamento Ortodôntico?

O tratamento ortodôntico usualmente envolve um período de 18 a 36 meses. Em alguns casos ele poderá terminar antes e em outros poderá levar mais tempo do que o previsto inicialmente para a finalização. O tempo total de tratamento depende da severidade da maloclusão original, do tipo de tratamento envolvido e da cooperação do paciente.

O que é tratamento Orto-Cirúrgico?

É a combinação da ortodontia com a cirurgia. É uma forma de corrigir casos severos de maloclusão e de anormalidades entre os maxilares.

Quando o tratamento orto-cirúrgico é necessário?

O maxilar superior e o inferior são as bases nas quais os dentes estão alinhados. Quando os maxilares não estão corretamente relacionados entre si, a correção da mordida não poderá ser alcançada somente com o uso de aparelhos, principalmente no que diz respeito a pacientes adultos. O ortodontista, juntamente com o cirurgião buco-maxilo-facial, terá então que planejar o tratamento tendo em vista uma futura intervenção cirúrgica.

Para realizar um tratamento orto-cirúrgico, o paciente inicialmente usa aparelhos fixos com o objetivo de alinhar e nivelar corretamente os dentes. Após esta fase inicial ter sido concluída o paciente é submetido à cirurgia e retorna ao ortodontista para a finalização do tratamento.

Tratamento precoce e interceptativo

Se no exame precoce o ortodontista detectou algum problema na criança que exija intervenção, será indicado um tratamento interceptativo. Este tratamento poderá alcançar resultados que não seriam possíveis após o término do crescimento da face. Além disso, uma intervenção precoce poderá diminuir a severidade de um problema; se for necessário uma segunda fase de tratamento, esta poderá ser facilitada.

Porque buscar um tratamento ortodôntico?

Para obter uma melhora na função, saúde e aparência.

Função: O correto alinhamento dentário contribui para uma melhor mastigação considerando o contato adequado entre os dentes superiores e inferiores.

Saúde: Quando os dentes encontram-se apinhados ou sobrepostos a higiene oral inadequada provoca o aparecimento de cáries e doença gengival. Portanto, estando os dentes bem alinhados torna-se muito mais fácil o seu cuidado.

Aparência: As pessoas sabem que um sorriso atrativo apresenta um papel importante para acentuar a auto confiança e auxiliar na sua seleção dentro do meio social.

Qual a idade em que nascem os primeiros dentes?

Os primeiros dentes decíduos, como são chamados os “dentes de leite” aparecem na boca, em média, aos 8 meses de idade, entretanto essa época pode variar consideravelmente de criança para criança podendo atrasar ou adiantar em até 6 meses.

A erupção dos dentes permanentes inicia por volta dos 6 anos de idade e o primeiro dente a erupcionar é o primeiro molar permanente, que aparece na boca atrás dos últimos dentes de leite.

Como sei se os dentes estão nascendo corretamente?

Após a erupção do primeiro molar permanente, inicia a troca dos dentes de leite pelos dentes permanentes com a perda dos incisivos “de leite” e a erupção dos incisivos permanentes na região anterior dos arcos dentários. Durante o processo de erupção dos dentes, tanto dos dentes permanentes quanto dos “dentes de leite”, pode haver mudanças na sequencia de erupção com alguns dentes passando na frente de outros dependendo da criança. É importante visitar regularmente o seu dentista durante a fase de erupção dos dentes para ele verificar se está tudo dentro da normalidade.

Importância de um sorriso saudável

O sorriso conquista as pessoas e mostra simpatia. Ao mover suavemente os dentes, ou realizar intervenções nos ossos da face durante o crescimento, um ortodontista pode ajudar a eliminar espaços entre os dentes, alinhar e corrigir outros problemas. O Ortodontista pode revelar a beleza natural dos dentes de cada pessoa ao movimenta-los para posições ideais. Além disso, a Ortodontia, junto com outras especialidade médicas e odontológicas pode ajudar no tratamento de problemas graves de saúde como no caso da síndrome de apneia obstrutiva do sono e outras.

O que é ortopedia facial?

Ortopedia facial é o uso de aparelhos fixos ou removíveis para corrigir problemas no crescimento dos ossos da face.

O Ortodontista faz ortopedia facial?

O Ortodontista é treinado durante sua formação para movimentar dentes e para cuidar de todo o processo de crescimento e desenvolvimento que pode levar a uma mordida e a um sorriso saudáveis. Dessa forma, ele também pode interferir em um crescimento anormal dos ossos que poderia trazer prejuízos ao paciente no futuro.

O que são desgastes interproximais?

O desgaste interproximal consiste em uma pequena redução da superfície externa dos dentes, denominada esmalte, geralmente no ponto de contato dos dentes. Isso acaba por diminuir a largura dos dentes.

Para que serve o desgaste interproximal?

O objetivo do desgaste interproximal é obter espaço para os dentes e permitir o alinhamento dentário, melhorando sua mordida. Pode também contribuir para a estabilidade do resultado no longo prazo, após a retirada do seu aparelho

O desgaste pode prejudicar meus dentes?

O desgaste não deixa os dentes mais susceptíveis à cárie e também não predispõe a gengiva à doença periodontal. Alguns pacientes podem ocasionalmente apresentar discreta sensibilidade ao calor e ao frio. De maneira geral, os resultados são positivos.

Para que servem os elásticos que o ortodontista pediu que eu usasse junto com o aparelho?

Os elásticos são usados para dar uma força a mais para movimentar os dentes ou para evitar que eles se movimentem para posições indesejadas.

Preciso usar elásticos o tempo inteiro durante o tratamento ortodôntico?

O seu Ortodontista irá indicar a maneira que você deve usar os elásticos. O importante é seguir corretamente a recomendação do seu ortodontista. Elásticos que devem ser usados durante todo o tempo não produzirão os efeitos se forem usados apenas algumas horas por dia.

Como devo prender os elásticos no aparelho?

Somente o seu ortodontista deve orienta-lo sobre o uso correto dos elásticos. Caso não se lembre direito como deve usa-los, você deve entrar em contato com o ortodontista e pedir uma nova explicação. Não siga orientações de amigos ou parentes, pois existem diversas formas de usar elásticos e cada uma delas produz um efeito diferente.

Perdi meus elásticos. Posso pegar emprestado com o meu amigo?

Você deve usar os elásticos indicados e/ou fornecidos pelo seu ortodontista. Apesar de parecerem iguais, eles podem ter forças e usos diferentes. Ao pedir emprestado um elástico, você corre o risco de alcançar os resultados desejados.

Qual o objetivo da expansão palatina?

A expansão palatina é usada para corrigir problemas no crescimento da maxila que geralmente têm o aspecto de um palato estreito. Pode estar presente falta de espaço para os dentes e/ou mordida cruzada em ambos os lados ou em apenas um deles. Se deixado sem tratamento, o palato estreito pode levar a desgaste excessivo dos dentes, ou a problemas no crescimento dos outros ossos da face, o que pode aumentar a necessidade de um tratamento odontológico extenso quando adulto.

Qual é a melhor idade para expansão palatina?

A idade apenas não é o melhor indicador de quando um expansor palatino deve ser usado. Idealmente, o paciente deve estar ainda em crescimento. O expansores podem ser usados em dentes de leite ou em dentes permanentes. Um ortodontista pode estimar a maturação esquelética e determinar se o paciente ainda está crescendo. Pacientes que tenham o crescimento completado podem necessitar de expansão palatina cirurgicamente assistida.

Quais os cuidados com o expansor?

O expansor fixo deve sempre ser escovado junto com os dentes. Os pacientes devem enxaguar a boca com água depois de comer ou de ingerir bebida com açúcar ou usar jatos de água que podem ser aplicados com uma seringa sem agulha. Expansores removíveis devem ser escovados e enxaguados cada vez que o aparelho é removido da boca.

Os aparelhos ortodônticos chamam muita atenção?

Muitas opções estão disponíveis hoje para melhorar a aparência dos aparelhos. Os aparelhos atuais são menores e mais polidos tornando alguns quase invisíveis. Seu ortodontista pode aconselhá-lo sobre quais opções são recomendadas para suas necessidades específicas.

O tratamento ortodôntico vai mudar muito o meu dia-a-dia?

Você pode fazer quase qualquer coisa durante o tratamento ortodôntico – cantar, tocar instrumentos musicais, jantar fora, namorar e sorrir em fotografias. Alguns ajustes podem ser necessários, mas se você for como a grande maioria dos pacientes adultos, você se acostumará rapidamente. Hoje, novas técnicas e materiais tornaram o uso do aparelho ortodôntico mais confortável do que nunca.

Como saber se eu tenho indicação de um tratamento ortodôntico?

Consultar um ortodontista pode ajudar a determinar se você se beneficiaria de um tratamento. Depois de analisar cuidadosamente a natureza da correção que você necessita, seu ortodontista irá recomendar o melhor tratamento para melhorar o seu sorriso.

Eu tenho dentes faltando. O tratamento ortodôntico pode melhorar minha mordida?

O tratamento ortodôntico pode criar ou manter o espaço para substituir os dentes ausentes. O ortodontista irá trabalhar com o dentista ou especialista que irá providenciar a prótese ou implantes para que o paciente possa atingir o melhor resultado.

Eu fiz tratamento para doença nas gengivas. Meus dentes podem ser alinhados?

Seu ortodontista irá conversar com seu dentista e/ou periodontista sobre a saúde da sua gengiva. Se você for um candidato para o tratamento ortodôntico, você irá continuar seu acompanhamento com o seu dentista e o periodontista. Em muitos casos, o alinhamento dos dentes pode melhorar a saúde da gengiva.

Meus dentes podem mudar de posição depois do tratamento ortodôntico?

O fato é que ao longo da sua vida, mesmo que você tenha feito tratamento ortodôntico, você pode esperar mudanças na posição dos dentes. Muitos fatores atuam juntos para causar o deslocamento dos dentes. Tais mudanças variam de indivíduo para indivíduo e a maior parte do tempo elas são difíceis de serem notadas. Mudanças na posição dos dentes não são uma falha do seu tratamento ortodôntico, mas um processo natural. Nós sofremos mudanças nos nosso corpos à medida em que envelhecemos e os dentes não são exceção. Para ajudar a controlar e limitar essas mudanças as contenções são prescritas depois que seus aparelhos são removidos.

Por que preciso usar as contenções?

As contenções são usadas por dois motivos: primeiro, permitir que o osso se recupere depois que os seus dentes foram movimentados e segundo para evitar que os dentes deslizem de suas posições. Em outras palavras, as contenções preservam e estabilizam os resultados que você e seu ortodontista conseguiram durante seu tratamento ortodôntico.

Por quanto tempo eu tenho que usar as contenções?

Seu ortodontista irá recomendar por quanto tempo continuar a usar as contenções, sejam elas removíveis (quando você coloca e tira da boca) ou fixas (coladas por trás dos dentes). Usar suas contenções é a melhor forma de evitar que seus dentes movimentem depois do tratamento ortodôntico. Há muitas razões que fazem os dentes se movimentarem após o tratamento ortodôntico. Os dentes não estão colocados no concreto, eles estão no osso. E como o osso ao redor do dente está mudando continuamente (se desfazendo e sendo refeito), seus dentes podem se deslocar depois que o aparelho for removido. Usando suas contenções é mais provável que os dentes permaneçam onde seu ortodontista os colocou.

Que tipos de contenção eu posso escolher?

Há muitos tipos de modelos tanto para a contenção superior quanto para a inferior. O seu ortodontista prescreveu contenções personalizadas que são as melhores para você. Mas as contenções apenas fazem o seu trabalho se você fizer o seu usando-as conforme instruído pelo seu ortodontista.

Eu fiz tratamento ortodôntico quando era adolescente e agora que estou adulto, meus dentes estão fora do lugar. O que posso fazer?

Se você notar uma alteração indesejada no seu sorriso ou mordida, consulte seu ortodontista para mais informações. Um ajuste ortodôntico pode ser necessário para readquirir alinhamento adequado.

Os dentes sisos provocam o movimento dos dentes?

As pesquisas sugerem que os sisos não necessariamente causam o movimento dos dentes. Em muitos casos, a remoção dos sisos é feita por razões de ordem de saúde bucal geral e não de saúde ortodôntica. O seu dentista clínico ou o seu ortodontista podem dar-lhe a orientações sobre a remoção dos sisos.

Pergunte ao ortodontista

Não encontrou sua resposta? Nossos ortodontistas espalhados pelo Brasil lhe responderão. Envie sua dúvida.

Obrigado por nos enviar sua dúvida
Sua pergunta foi direcionada para um de nossos
associados e em breve receberá uma resposta

Dúvida enviada com sucesso

Ortodontia em adultos

Um sorriso saudável e bonito em qualquer idade

Desgastes Interproximal

Redução de largura dos dentes para obter melhor forma, função e estabilidade

Elásticos

Eles estão torcendo por você!

Expansão Palatina

Tornando a maxila mais larga

Mostre seu sorriso

O que a Ortodontia pode fazer por você?

Mantenha seu sorriso bonito

Saiba como manter seu sorriso após o tratamento ortodôntico
BBO CFO WFO ALADO

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE ORTODONTIA
E ORTOPEDIA FACIAL
COPYRIGHT © 2017